21 de julho de 2018 Home | Conte sua história | Cadastre-se | Sobre nós | Fale Conosco | Anuncie aqui
 
 
Voltar para a home do GEx
twitterFacebook    Editorial GEx
pesquisar
 
   
 
Dicas de Treckking
 
 
Postado em 13/2/2003

Saco de dormir em trekking: como escolher entre os materiais, temperaturas e modelos disponíveis

1. Se é a primeira vez que você compra seu saco de dormir, evite decidir logo na primeira loja. Visite várias, compare os modelos e preços. São dezenas de opções.

2. Busque ajuda de quem conhece. Pergunte aos vendedores sobre capacidade isolante, materiais, modelos especiais para mulheres e tudo que possa lhe interessar. Se as respostas forem vagas ou não inspirarem confiança, procure outro vendedor ou vá para outra loja. E diga por que você está indo.

3. Existem dezenas de materiais que fazem o revestimento e enchimento dos sacos. Cada um com determinada característica. Uns esquentam mais, outros pesam mais, outros secam mais rápido. E importante saber que tipo de clima você vai enfrentar, quanto peso está disposto a levar, se vai dar para secar e assim por diante.

4. Experimente. Não tenha vergonha de entrar no saco de dormir, na loja mesmo. Use os zíperes, entre e saia do saco rapidamente, use o capuz, vire de lado, verifique o conforto e se você cabe direitinho. Dobre o saco e coloque-o dentro do saco de transporte para ver de que tamanho fica e quanto esforço é necessário. Você não imagina o que é colocar um saco para 20 graus negativos dentro da bolsa de transporte, a 5.000 metros de altura...

5. Observe os pés. Verifique se existe uma sobra de espaço nos pés, de pelo menos 10 centímetros. Isso ajuda o isolamento, pois permite que algum ar fique no espaço. Mas cuidado para que esse espaço não seja maior que 18 centímetros, de forma a ter uma área extra e inútil para aquecer.

6. Traga sua mochila. Se você vai carregar o saco de dormir na mochila, é importante verificar se ele cabe. Se necessário, compre as fitas de compressão, que apertam o saco de dormir reduzindo seu tamanho.

7. Conheça sua forma de dormir. Você sente sempre frio? Pois procure um saco para temperaturas mais baixas do que aquelas que você vai encontrar. Tem claustrofobia? Procure um saco que tenha mais espaço interno que o normal.

8. Seja realista. Escolha um saco de dormir que esteja de acordo com as temperaturas médias dos locais para onde você costuma ir. Tente alugar um saco para temperaturas mais baixas para experimentar, antes de torrar seu dinheiro num equipamento caro que você vai usar eventualmente. Eu fiz exatamente assim no Everest: aluguei o meu saco, informando minha altura e peso.

9. Seja realista 2. Talvez você não precise de um saco de dormir para utilizar ao relento, em lugares extremamente úmidos ou pendurado numa rocha a 3.000 metros de altura. É preferível comprar algo mais realista e depois, se necessário, fazer as adaptações com acessórios.

10. Compre um sistema. Se você já tem um saco de dormir mas quer algo mais leve, mais quente ou mais frio, considere comprar uma sobrecapa ou um "liner", um saco de dormir finíssimo, como o que eu comprei em Namche. A combinação desses acessórios vai dar muita versatilidade e poupar tempo e dinheiro.

Dicas elaboradas por Luciano Pires

Links de interesse

O Everest por Luciano Pires

 


Especiais GEx

Especiais GEx

 
   
 
© 2018 Global Exchange. Todos os direitos reservados.